administração

Qual a função de um Gerente de Projetos?


O que é um Gerente de Projetos?


Gerente de Projetos

Atualmente estamos assistindo ao crescimento acelerado de uma nova profissão na área de gestão empresarial. Podemos constatar o nascimento de um novo mecanismo estratégico de execução de projetos dentro das organizações, ao mesmo tempo em que diante da necessidade de condução desse mecanismo, surge um novo departamento chamado de gerenciamento ou gestão de projetosE com a criação desse novo departamento, também foram criadas novas funções e tarefas, sendo a mais importante a do gerente de projetos. Entretanto, o que sabemos sobre essa função? O que seria ser um Gerente de Projetos?

Desde a década de 50, os projetos, ainda que de forma empírica, começaram a exercer um papel cada vez mais estratégico nas organizações. A medida que essa tendência se fortificava, novos mecanismos e novas necessidades na forma de conduzir os mais variados projetos foram surgindo.  E foi justamente a partir da década de 80 que a gestão de projetos se tornou uma realidade estruturada, possuindo padrões e sendo cada vez mais estudada por áreas específicas da administração e de outros setores corporativos. 

Como reflexo dessa estrutura, normas e regras começaram a serem estabelecidas, criadas e incorporadas. Nasce o PMI (Process Management Institute) e com ele o PMBOK, um guia com a intenção de nortear os caminhos a serem tomados pelos responsáveis na condução dos projetos de forma mais eficaz. Este é mais um capítulo na história da ciência da administração que vem sendo escrito desde mais de meio século. O Gerenciamento de Projetos vem assumindo cada vez mais importância no âmbito organizacional, culminando no aumento da necessidade de profissionais capacitados para ocupar sua condução.

Assim como todas as demais ciências existentes, a administração também está em constante evolução e mudança contínua. Quanto mais essaa ciência evolui e se desenvolve, mais ela direciona-se ao atendimento das necessidades das organizações de gerar novos mecanismos de gestão capazes de mantê-las ativas e competitivas perante o mercado. Contudo, hoje em dia, não basta apenas ter mecanismos adequados para manter uma empresa ativa e competitiva. É necessário ter o capital financeiro e humano atuando e atuante também. 

Cada profissional envolvido na atmosfera de uma organização tem sim um papel a ser desempenhado isoladamente, em equipe, e de forma padronizada para conseguir alcançar seu objetivo. Porém, atualmente, nenhum novo projeto seja ele de inovação, de criação, de serviço ou de manutenção, dentro de uma grande corporação, vai adiante sem a coordenação de um Gerente de Projetos. E o que é um Gerente de Projetos afinal? O Gerente de Projetos é aquela pessoa, de dentro ou de fora da organização, que precisa conhecer de tudo um pouco. Ter habilidades diversas e ser capaz de utilizá-las em conjunto ou separadamente, visando sempre o bom desempenho e desenvolvimento do projeto.

No Guia PMBOK, 5ª edição, o Gerente de Projetos é descrito como alguém que precisa reconhecer quais pessoas na organização são influentes formadoras de opinião e tomadora de decisões para trabalhar com elas, a fim de aumentar as chances de sucesso do projeto que faz parte e gerencia. Ainda segundo o guia, o gestor de projetos precisa ter: liderança, habilidade para construir boas equipes, motivação própria ao mesmo tempo em que sabe motivar sua equipe, ter boa comunicação, ser influente, saber tomar decisões, ter habilidade de negociação, saber gerenciar conflitos e ser um bom coaching.

“O Gerente de Projetos é o elo entre a estratégia organizacional e sua equipe. Ele precisa ter habilidades técnicas para gerenciar o projeto alinhando-o à estratégica organizacional. Os gerentes de projetos eficazes devem possuir uma combinação equilibrada de habilidades éticas, interpessoais e conceituais para ajudá-los a analisar situações e interagir de maneira apropriada.” A dinâmica do mundo corporativo fez nascer uma nova forma de potencializar seus planos estratégicos, e essa novidade trouxe outras anexas: novas ferramentas de trabalho, mecanismos de execução, monitoração, avaliação, novas etapas no processo organizacional e novos postos de trabalho que precisavam ser preenchidos. Entre esses novos postos está o de gerente de projetos.

É ele quem vai conduzir um projeto que a organização considerou estrategicamente válido e importante. A importância desse profissional tem se mostrado tão essencial que já foi motivo de matérias em jornais de grande circulação e em revistas de credibilidade internacional. Segundo estimativas do Project Management Institute (PMI), até 2020 devem ser criados 13 milhões de novos postos para Gerentes de Projetos no mundo inteiro. Além disso, a estimativa salarial de um Gestor de projetos tem sido satisfatória para aqueles que já trabalham na área.

Um Gerente de projetos precisa ser o agente de mudanças que a empresa precisa para conciliar o potencial tecnológico com o potencial do capital humano que a empresa dispõe. Precisa visar e trabalhar com o intuito de alcançar um dos principais objetivos da organização que é ter sucesso na realização de seus projetos. Um gerente de projetos é, portanto, um agente facilitador e incentivador das mudanças, criações, aquisições, serviços ou qualquer tipo de projeto que tenha como resultado o alcance de um objetivo estratégico da organização. Como reflexo dessas aptidões, esse profissional vem ganhando espaço no mercado de trabalho e sendo cada vez mais requisitado com o passar dos anos.

-----



Nós também estamos no Twitter e no Google+!

portal administração feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COLUNAS
RECOMENDAMOS
REDES SOCIAIS
-------------------------------------------------
Receba Nossas Atualizações
PARCEIROS