administração

Brasil é o 9º país mais miserável do mundo

Segundo a Bloomberg, o Brasil atualmente é o nono país mais miserável do mundo


Cidade brasileira

Olá administradores! Hoje, trazemos uma notícia um tanto problemática para o nosso país. Recentemente, a Bloomberg, uma das maiores agências de notícias do mundo, divulgou um ranking em que o Brasil aparece entre os 10 países mais pobres do mundo, conforme os critérios do Misery Index da própria Bloomberg. Em 9º lugar entre 65, o Brasil subiu uma posição em relação ao levantamento anterior, com um índice de miséria projetado para 2017 próximo dos 20 pontos. Para efeitos de comparação, em 2015, o Brasil estava na posição 11.

A métrica é bastante simples. Quanto maior o índice de pobreza, mais alta a posição no ranking. No entanto, como os índices apontados no ranking referentes ao ano corrente são previsões, eles podem sofrer alterações ao longo do ano. Como exemplo, no ano passado, o índice projetado para a Argentina era de 39.9 e após a revisão, o índice saltou para 50.1, colocando o país atrás apenas da Venezuela. Já a Venezuela lidera com folga pelo terceiro ano seguido, com quase 500 pontos no índice.

Na outra ponta está a Tailândia, que segundo a Bloomberg, a nação utiliza uma metodologia "particular" para medir o desemprego, o que sempre aponta para índices mais baixos. O levantamento soma os índices oficiais de inflação e desemprego para chegar próximo da relação real de pobreza dos países. Entre os primeiros 10 colocados, a proporção entre os países é bem distinta. Na Venezuela, por exemplo, o desemprego é um dos mais baixos, com uma taxa de 7,8%, enquanto a inflação atinge a marca de 491,9%. No Brasil, a inflação é ligeiramente inferior a 5%, enquanto a taxa de desemprego chega a 17%. 

Logo acima, estão Sérvia, Ucrânia, Espanha, Turquia, Grécia, Argentina e África do Sul. Mesmo se houver uma revisão no índice, o cenário não deve sofrer alterações significativas, pois esse foi o padrão dos últimos anos. Em 2015, quando a economia já demonstrava sinais de grande desgaste, o Brasil ficou em 11º. Os problemas econômicos e políticos de 2016 renderam uma revisão incisiva do índice, porém sem grandes efeitos (de 16.8 para 16.4). Já em 2017, mesmo com o aumento no número de desempregados, a inflação caminha para um maior controle, muito devido à queda no consumo.

Confira abaixo os resultados dos primeiros colocados no ranking em 2016 e 2017. Para conferir os resultados completos, acesse aqui.

-----

Nós também estamos no Twitter e no Google+!

portal administração feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COLUNAS
RECOMENDAMOS
REDES SOCIAIS
-------------------------------------------------
Receba Nossas Atualizações
PARCEIROS