administração

A influência do dólar na balança comercial


Exportações x Importações


Dólares americanos

Flutuações da moeda americana são comuns ao longo dos anos, principalmente, se ocasionadas por crises no setor financeiro e político norte-americano. Tais situações, acabam fazendo com que nossa moeda se valorize diante do dólar, essa variação de valor entre uma moeda e outra é chamada taxa de câmbio, ou seja, é o preço para se trocar (cambiar) uma moeda pela outra. Se o valor da taxa for excessivo, acaba criando um impacto negativo em diferentes setores da economia brasileira, sendo necessário haver um controle por parte do Banco Central, em relação a evasão ou entrada de divisas em nosso país e também em relação a variabilidade dessa taxa.

Este controle é de grande relevância para o equilíbrio da balança comercial brasileira, uma vez que um dólar alto favorece as exportações, pois fica mais caro trazer produtos importados de outros países, o que consequentemente aquece a industria nacional e impulsiona a produção em diversos setores. Entretanto, nossos economistas apontam os problemas que uma elevada alta do dólar pode ocasionar, como por exemplo, inflação do petróleo e outras commodities, situação que acaba prejudicando algumas empresas brasileiras, que necessitam de matéria-prima estrangeira para sua produção, ou seja, dólar alto é bom para as exportações e ruim para as importações, fazendo-se necessário um ajuste destes dois setores - com o intuito de obter um saldo favorável na balança comercial.

O protagonista desse equilíbrio é o Banco Central, que regulamenta as medidas importantes em relação a entrada e saída de divisas do Brasil, sempre visando manter a moeda americana estabilizada e o real desvalorizado. Uma valorização desenfreada do Real frente ao Dólar também prejudica nossa economia local, principalmente as empresas atuantes no exterior, fazendo com que os produtos brasileiros fiquem mais caros no mercado internacional, com consequente perda de competitividade frente à produtos de outras nacionalidades, como os dos chineses por exemplo.

Especialistas afirmam que a cotação ideal do dólar seria em torno dos R$ 2,30 e este valor seria tão bom para as exportações quanto para as importações, mantendo assim um equilíbrio para os dois setores e permitindo um controle mais preciso sobre a inflação por parte do governo brasileiro. Apesar de todas as oscilações provenientes da moeda americana, enxergamos hoje, um Brasil mais preparado para enfrentar as adversidades do mercado internacional e suas crises, mostrando-se um país mais sólido que contribui para um melhor desenvolvimento econômico global, agregando maior confiabilidade dos investidores internacionais.

-----

portal administração feed
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
COLUNAS
RECOMENDAMOS
REDES SOCIAIS
-------------------------------------------------
Receba Nossas Atualizações
PARCEIROS